Os teus olhos

Casal se abraçando

Os teus olhos me viram quando ninguém mais viu. Eu mesma não estava atenta para perceber o toque suave deles que percorriam a cada esquina que eu virava. Você estava lá: invisível, discreto, atento, presente. Pronto para me amparar caso eu tropeçasse. Pronto para me salvar caso alguém tentasse qualquer coisa contra mim. Pronto para interditar a avenida 23 de maio se eu tentasse me lançar no meio dos carros. Continue lendo “Os teus olhos”